Foco naquilo que é mais importante

No vídeo de hoje falamos um pouco sobre uma direção de Paulo para a igreja de Roma, que possivelmente estava se perdendo em detalhes e ignorando o principal.

Você pode usar esse vídeo como inspiração para um esboço de ministração para célula ou para refletir se não tem passado por situações onde tem se apegado ao detalhe e esquecido do principal.

O fato é que todos nós devemos tomar cuidado para não ficarmos de picuinha com detalhes de outras igrejas e nos esquecermos do amor ao próximo e do chamado de Deus para nossas vidas.

Texto para refletir:

“Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu. Quem és tu que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai; mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar. Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em seu próprio ânimo. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz. O que come para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come para o Senhor não come e dá graças a Deus. Porque nenhum de nós vive para si e nenhum morre para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor” (Romanos 14:2‭-‬8 ARC)

Para participar do concurso cultural dessa semana, clique aqui.

Paz.

Nossas prioridades

Vaidade

O livro de Eclesiastes nos trás grandes ensinamentos. Um deles é o de que todo o nosso trabalho e boa parte do que fazemos aqui na Terra é um esforço muito bom e válido, porém passageiro.

Com isso aprendemos que devemos manter o nosso foco e os nossos esforços naquilo que é eterno, e não apenas no passageiro. Afinal, nosso trabalho, nossa casa e nossa família são importantes, mas existe algo mais prioritário que tudo isso: o que fazemos para o Senhor.

Versículos para meditar:

“Vaidade de vaidades, diz o pregador, vaidade de vaidades! Tudo é vaidade. Que proveito tem o homem, de todo o seu trabalho, que faz debaixo do sol?” (Eclesiastes 1:2,3)

Paz.