Música

Você conhece a banda Stauros?

Nas últimas semanas eu tenho trazidos alguns sons mais calminhos, mais voltados para a adoração. Hoje quero falar um pouco sobre uma banda nacional de metal: a banda Stauros.

A banda surgiu em 1995 e, desde então, teve algumas mudanças na sua formação. Da formação original, do primeiro álbum lançado, ainda está na banda apenas o guitarrista principal, Renatinho. Como toda boa banda de metal, a história deles é bem bagunçada: saída e entrada de diversos integrantes, a volta de outros, um hiato, cds independentes, contratos com gravadoras e mudanças de estilo são fatos aconteceram na vida da banda.

Atualmente eles tem um total de 12 lançamentos, entre álbuns, singles e EP:

  • 1995: Vento Forte
  • 1997: O Sentido da Vida
  • 2000: Seaquake
  • 2001: Adrift
  • 2002: Marcas de um Tempo (EP)
  • 2008: Praise(EP)
  • 2009: Praise
  • 2012: “Distante” (Single)
  • 2012: “Quem” (Single)
  • 2014: Marcas da Desilusão (EP)
  • 2014: Vale das Sombras
  • 2016: Vale das Sombras – Ao Vivo

Hoje em dia a banda conta com Celso de Freyn nos vocais, Renatinho e Alessandro nas guitarras, Ozeias Rodrigues no baixo e Lucas Fontana na bateria. A banda consegue fazer um som que merece respeito, com destaque para o vocalista Celso Freyn, que é espetacular.

Se você quiser conhecer um pouco mais sobre a banda, todos estes links são muito úteis:

  • Wikipédia: A história completa da banda, realmente muita informação importante;
  • Site oficial: Simples demais, muito pouca informação;
  • Youtube: Vídeos das músicas, nada mais que isso;
  • Facebook: Várias atualizações legais e informações interessantes. Novidades, shows e mais;
  • Instagram: Fotinhas dos lançamentos e da banda, gostei;
  • Twitter: Nhé… Pouca coisa nova por lá;
  • Spotify: Muitos álbuns deles e de alguma banda homônima do outro do mundo.

E aí, conhecia Stauros? Gostou? Então comente aí.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário