Música

3 dias com B. Reith: 2º – A vida

André
Escrito por André

Um pouco da história de B. Reith, contada pelo próprio: “Eu cresci em Milwaukee, Wisconsin, aproveitando tudo o que os anos 80 tinham para oferecer: Os Smurfs, G.I. Joe, Transformers (o original), “Thriller” do Michael Jackson (e a lista continua). Eu me lembro de cantar com meu radinho da Fisher-Price quando ainda era bem pequeno. A primeira música de R&B que eu gostei foi “Lean on Me”, não a original do Bill Withers, mas o remix do Club Nouveau, você sabe, com aquela parte que eles dizem “Pump it homeboy, just like that!!.”

B. Reith Fotos“Eu cantei num comercial para “Osh-Kosh B’Gosh” quando tinha 5 anos. Meu pai (Jim Reith) tinha um estúdio profissional no porão, então eu aprendi muito quando ainda era criança, mas foi uma herança é claro. Quando estava no colegial meus amigos e eu assistíamos MTV e BET, e, por qualquer razão, comecei a gostar de hip-hop. Foi quando comecei a rimar.”

“Eu tentei correr da música, mas com o tempo percebi que a música era o que eu fazia de melhor, eu havia sido feito para isso.”

Um pouco mais e ele afirmava: “Eu cansei de apenas cantar ou apenas rimar. Eu posso falar muito mais através do rap, e com um gancho trago um tema.”

B. Reith fala o dialeto da cultura atual, e tem o coração para endereçar questões reais, apresentando esperança e semeando luz neste mundo decadente. “Eu sou apaixonado em me conectar com as pessoas para entreter, para emocionar, e para desafiá-las a compartilhar a vida com uma perspectiva diferente. Existe algo que realmente desejamos, eu estou apenas tentando ajudar a direcionar nossa atenção para isso, e a música é caminho mais poderoso que eu conheço.”

Eu nunca pensei que poderia ser um músico profissional, então eu passei cinco anos na faculdade em três escolas diferentes e terminei com uma formação que eu nunca usei. Porém, por todo este tempo, eu estava desenvolvendo meu talento com a música. Eu estava aprendendo quem eu realmente era e o que eu realmente queria dizer.

“Eu realizei um trabalho independente em Milwaukee por poucos anos e depois, em 2004, me mudei para Nashville. Agora estou feliz em dizer que, após muita procura, divagação, conversas, eu estou entendendo o que Deus me chamou para realizar neste período da minha vida. ”

Mais fotos da vida de B.Reith, clique aqui.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário

Quer saber antes de todo mundo o que acontece no JC na Veia?
Assine nossa newsletter
Essa é uma lista exclusiva, poucas pessoas permanecem nela e oferecemos o melhor para nossos assinantes, conteúdo exclusivo e novidades em primeira mão.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
close-link