Ministração

As más conversações

André
Escrito por André

Texto base: “Se, como homem, combati em Éfeso contra as bestas, que me aproveita isso, se os mortos não ressuscitam? Comamos e bebamos, que amanhã morreremos. Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.” (1 Coríntios 15:32,33)

Mensagem principal: Devemos saber o que ouvir, entender como isso nos influencia.

Para você refletir

Se eu perguntasse para você: “o que as coisas que você tem ouvido tem feito com você?”, qual seria sua resposta?

Se passou pela sua cabeça alguma resposta com teor negativo, você já tem uma reflexão importante para fazer, independente desta mensagem.

Quando Paulo afirma que “as más conversações corrompem os bons costumes”, estava numa situação onde algumas pessoas questionavam sobre a realidade da ressurreição.

Diante destes questionamentos, ele diz o seguinte: “Se, como homem, combati em Éfeso contra as bestas, que me aproveita isso, se os mortos não ressuscitam? Comamos e bebamos, que amanhã morreremos.”. A reflexão do apóstolo aqui é o sobre a eficácia do combate cristão quando se acredita que a ressurreição é apenas uma lenda. De que adianta andar nos passos de Cristo se Ele não ressuscitou? É melhor que “comamos e bebamos”, ou seja, vivamos as nossas vidas como bem entendermos, pois o esforço cristão é em vão.

O que ele quer dizer aqui é que devemos tomar cuidado com o que ouvimos. Assim como alguns da igreja de Corinto poderiam estar dando ouvidos para aquelas pessoas que afirmavam que a ressurreição não existia, hoje em dia muitos de nós estamos dando ouvidos para as pessoas erradas.

Estamos cercados de ideologias, mentiras e conversações que não trazem bons frutos. Somos bombardeados de críticas à igreja todos os dias. Ouvimos pessoas falarem mal umas das outras, dos pastor ou da organização da igreja. Ainda existem as críticas a outras denominações e muitas maledicências a que somos submetidos.

Um exemplo similar na Palavra é de quando os israelitas deram ouvidos aos espias que não estavam com coragem de tomar a terra prometida (Nm 13). Deram ouvidos para aquilo que não era o que Deus estava falando e deixaram de entrar na terra que o SENHOR tira para eles.

Da mesma maneira nós podemos começar a dar ouvidos às críticas à nossa igreja, aos membros, aos pastores e acabar deixando de viver a vontade de Deus.

Em Eclesiastes aprendemos: “Melhor é ouvir a repreensão do sábio, do que ouvir alguém a canção do tolo.” (Eclesiastes 7:5)

Infelizmente hoje em dia vemos muitas pessoas, talvez nós mesmos, que estão ouvindo a canção dos tolos, e não a repreensão dos sábios. Podemos escolher o que vamos fazer. A nossa escolha determinará o que acontecerá em nossas vidas.

Temos passagens até mesmo mais duras na Palavra em relação a isso: “Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros. Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz.” (Efésios 5:6-8)

Uma reflexão que podemos fazer é: isso que estou ouvindo trás alguma glória para Cristo ou envergonha o evangelho?

Por fim, o que devemos saber é que o pensamento crítico é e sempre foi bem-vindo na igreja. Atos 17:11 nos ensina isso. A questão é que a crítica solta, sem a ideia de melhorar o que pode estar errado, não deve ser bem-vinda entre nós. Criticar da forma correta, para as pessoas corretas é saudável.

Tópicos para abordar

  1. Pergunta inicial
  2. Texto base
  3. Contexto
  4. O que Paulo quis dizer
  5. O que ouvimos hoje: críticas, mentiras e ideologias
  6. O exemplo de Números 13
  7. Eclesiastes 7:5
  8. A relação disso com Atos 17:11
  9. O que vamos fazer?
  10. Outras perguntas

Perguntas para fazer

  • O que as coisas que você tem ouvido tem feito com você?
  • Quais críticas você tem ouvido?
  • Qual é a sua reação diante destas coisas que você tem ouvido?
  • Qual é a melhor coisa a se fazer diante das críticas?

Textos relacionados

  • Números 13:17-29
  • Eclesiastes 7:5
  • Atos 17:11
  • Efésios 5:6-8

Gostou desse esboço de ministração para célula?

Então que tal se inscrever em nosso canal no youtube ou nos seguir no instagram? É uma boa forma de mostrar que você curtiu!

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário