Mensagem

Tomando Posse Da Bênção

Todo lugar que pisar a planta do vosso pé será vosso” (Deuteronômio 11:24)

“Existem três coisas que são difíceis de fazer: Uma é subir em uma cerca inclinada em sua direção, outra é beijar uma moça curvada em direção oposta e a terceira é ajudar uma pessoa que não deseja ser ajudada.” (Zig Ziglar)

O amor de Deus, demonstrado na cruz, está disponível para aqueles que crêem e que o desejam. Ele, através de Seu sacrifício, ofereceu, a todos, uma vida verdadeira, abundante e eterna. Aos tristes veio oferecer alegria; aos cansados e oprimidos, descanso e consolo; aos que sofrem, alívio; aos desanimados, fé e esperança.

Só há uma maneira de o homem não ser ajudado e abençoado por Deus — quando ele não quer. Como receber a paz que excede o entendimento se o homem não a almeja? Como ser abraçado e protegido pelo Senhor se o homem lhe vira as costas? Como receber as dádivas do Pai amoroso se o homem se mostra indiferente a Ele? Como herdar as mansões celestiais se o homem prefere as choupanas enganosas deste mundo?

Muitas vezes nos queixamos por um sonho não alcançado. Mas, o que fizemos para que ele se tornasse realidade? Perseveramos quando nos vimos frente a pequenos fracassos ou nos desiludimos após a primeira frustração? Fixamos os nossos pés diante da bênção esperada, tomando posse dela como se já a tivéssemos recebido, crendo plenamente na promessa do Senhor de que “tudo que pedimos, em Seu nome, receberemos” ou apenas nos sentamos e aguardamos que caia em nossas mãos?

Deus quer abençoar sua vida, sua família, seu emprego, seus estudos, tudo que se refere a você. Ele só não o fará se você não deixar. Ele quer fazer de você um instrumento de felicidade para todos que estão ao seu redor. Ele lhe diz com grande amor: “Buscai-me e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração”. Não há possibilidade de não encontrá-Lo. Ele espera você com as bênçãos e os sonhos nas mãos. Você quer?

Pr. Paulo Roberto Barbosa

Recebido por e-mail. Fonte desconhecida

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário