Mensagem

Puxe a corda do sino

“Alegre-se o coração dos que buscam ao Senhor. Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente”

“A oração puxa a corda embaixo e o grande sino toca em cima junto às orelhas de Deus. Alguns tocam o sino fracamente, pois, suas orações são desanimadas; outros dão apenas um puxão ocasional na corda. Porém, aquele que se comunica com o Céu é o homem que pega a corda corajosamente e puxa
continuamente com toda a sua força.”

Com que disposição temos puxado a corda do grande sino de comunicação com nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo? Quanto mais puxamos essa corda, mais comunhão temos com Deus. Quanto mais comunhão temos com o nosso Pai celestial, mais bênçãos recebemos aqui neste mundo. E essa é a razão de
nossa grande felicidade.

Se estamos desanimados, mais motivos temos para puxar a corda do sino. As mãos estendidas do Senhor nos estimulam, nos alegram o coração, nos mostram que sempre haverá esperanças e que a vitória logo chegará. Portanto, nada de tristeza ou frustração — puxemos com força a corda do sino.

Quer esteja alegre ou triste, busque ao Senhor. Quer tenha os sonhos já realizados ou muitos ainda por realizar, busque ao Senhor. Ele é o nosso socorro, nosso Amigo verdadeiro, nosso companheiro em qualquer situação.

Se você começar a sentir que está se cansando de tudo, puxe a corda do sino. Se a paz está lhe fugindo, puxe a corda do sino. Se seu amor a Deus e ao próximo está cada vez mais fraco, puxe a corda do sino. Se está se sentindo cada vez mais só, puxe a corda do sino. Deus ouvirá você, lhe socorrerá e um manancial de júbilo começará a jorrar de seu interior. Enquanto o sino estiver tocando, o sol das bênçãos de Deus estará brilhando intensamente em sua vida.

Não desanime jamais – puxe a corda do sino.

Autor: Desconhecido
Recebido por e-mail

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário