Mensagem

Os desafios e a fé devem andar sempre juntos

Nesta semana, recebi por correio eletrônico a mensagem de um irmão às vias de realização de um concurso público, que me contava sobre o seu nervosismo e as dificuldades envolvidas no grande desafio que iria enfrentar. Essa me pareceu uma ocasião oportuna para tratar do que deve acontecer quando somos desafiados.

Por certo que enfrentamos lutas em todas as áreas de nossas vidas; e não poderia ser diferente: aqueles que possuem metas e as desejam realizar vivem em constante combate. E, salvo os muito acomodados, todos somos estimulados (pelas próprias circunstâncias) a confrontar os obstáculos e, de algum modo, nos sobressair.

Por sua vez, os obstáculos são desígnios do Criador, uma vez que fomos idealizados a dominar, a expandirmo-nos em relação a nós mesmos e ao ambiente, a multiplicarmo-nos. A própria Palavra de Deus nos impele a sermos mais santos, mais justos, mais íntegros, mais amáveis, a sermos pessoas melhores. O que acontece é que o medo sempre surge como contraponto dos desafios, e nos colocamos em dúvida se tomamos ou não a decisão certa, se estamos prontos, se devemos ou não avançar.

Nessas horas, no entanto, a Palavra de Deus também tem a resposta, lembrando-nos da fé. A fé é um dom que Deus nos deu e que é capaz de vencer o medo e a dúvida. Ela deve entrar em ação quando um objetivo esteja além da nossa capacidade natural de alcance, mas, ao mesmo tempo, totalmente alcançável se acreditarmos que já o alcançamos. Assim, ela funciona como “mão espiritual”, que o agarra e o traz até nós. A fé traz à existência o que não existia pelo fato de acreditarmos que é possível.

Por isso, seja no desafio de um concurso ou em qualquer outro que lhe vier à frente, coloque em ação a sua fé. Você vai agradar o Senhor Deus (leia Hebreus 11: 6) e aprender com a experiência que a distância entre você e os seus sonhos é infinitamente menor do que imaginava.

Deus o abençoe,

Autor: Ap. Rina

Recebido por e-mail após cadastro no site da igreja Bola de Neve.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário