Estudo de Atos 10

Atos 10 nos apresenta a história do encontro de Cornélio e Pedro. Parece ser uma história simples, mas ela carrega uma importância fundamental para a história da igreja.

Neste capítulo veremos:

  • Um anjo aparece para Cornélio (1 a 8)
  • Deus fala com Pedro (9 a 20)
  • Pedro vai para Cesareia (21 a 24)
  • O encontro de Pedro com Cornélio (25 a 43)
  • Batismo no espírito e nas águas (44 a 48)

Destes pontos, veremos alguns que se destacam.

Quem foi Cornélio?

Somos apresentados para este personagem aqui em Atos 10. Segundo o relato, temos o seguinte:

“E havia em Cesareia um varão por nome Cornélio, centurião da coorte chamada Italiana, piedoso e temente a Deus, com toda a sua casa, o qual fazia muitas esmolas ao povo e, de contínuo, orava a Deus.”

Atos 10:1,2

A primeira coisa que aprendemos é que ele morava em Cesareia. Cesareia era a capital Romana da Judeia, ou seja, uma cidade dominada pelo império Romano. Assim como outras cidades homônimas, seu nome é uma homenagem ao Imperador.

Aqui vale lembrar que os romanos dominavam sobre a nação de Israel, apesar de ainda lhe permitirem manter o status de nação. Falamos bastante sobre isso no nosso estudo do evangelho de João.

Também vemos que ele era um centurião, ou seja, um soldado de alto escalão. Ele comandava uma centúria, que era uma unidade do exército Romano e tinha legionários (soldados) sob sua responsabilidade. Era um homem de autoridade na nação mais forte daquele tempo.

Precisamos nos lembrar que foram justamente os soldados romanos que maltrataram e executaram Jesus. Refletir sobre isso começa a nos trazer um panorama do que Deus estava fazendo ali.

Além disso, com estas informações, podemos saber que Cornélio era um não judeu, cidadão romano, ou seja, um gentio, uma pessoa que, normalmente, não seria querida pela judeus. Afirmo isso pois eram justamente esses soldados do império Romano que “mantinham a ordem” do império, através de diversas imposições Romanas sobre a nação de Israel.

Ao mesmo tempo, a Palavra nos afirma que ele era um homem piedoso e temente a Deus, que orava continuamente e fazia esmolas. No começo do verso 22 lemos:

“E eles disseram: Cornélio, o centurião, varão justo e temente a Deus e que tem bom testemunho de toda a nação dos judeus”

Atos 10:22a

Aparentemente, apesar de ser um militar romano de autoridade elevada, ele foi conquistado pelos judeus e acabou simpatizando com a religião a ponto de ter muitas coisas em sua vida transformadas. Essa transformação foi intensa o suficiente para que Cornélio fosse bem recebeido entre os judeus de Cesareia.

A confirmação de que ele era uma pessoa diferenciada está no fato de Deus falar com ele e pedir que ele fosse buscar a Pedro.

A visão de Pedro

Após Deus fala com Cornélio, vemos que Ele se dirige a Pedro em uma visão:

“e viu o céu aberto e que descia um vaso, como se fosse um grande lençol atado pelas quatro pontas, vindo para a terra, no qual havia de todos os animais quadrúpedes, répteis da terra e aves do céu. E foi-lhe dirigida uma voz: Levanta-te, Pedro! Mata e come. Mas Pedro disse: De modo nenhum, Senhor, porque nunca comi coisa alguma comum e imunda. E segunda vez lhe disse a voz: Não faças tu comum ao que Deus purificou.”

Atos 10:11-15

Pedro já havia trabalhado na expansão da igreja diversas vezes, porém, todas as vezes trabalhando com os Israelitas. No começo da expansão da igreja primitiva com os judeus e, mais tarde, em Samaria, após o trabalho de Filipe, como vimos no capítulo 8.

Como dissemos quando falamos de Samaria, apesar dos judeus não considerarem este povo, o fato é que eles eram filhos de Abraão. Ou seja, Pedro ainda não havia trabalhado com os gentios.

Então Deus mostra para ele nesta visão que os gentios também eram dignos de receberem as boas novas. Deus havia purificado a todas as pessoas e todas haviam passado a serem dignas da salvação em Cristo. Isso era algo tão avesso aos judeus que, quando Pedro chega na casa de Cornélio, afirma:

“E disse-lhes: Vós bem sabeis que não é lícito a um varão judeu ajuntar-se ou chegar-se a estrangeiros; mas Deus mostrou-me que a nenhum homem chame comum ou imundo.”

Atos 10:28

Por mais que aquilo fosse algo inesperado, a confirmação de Deus, falando tanto com Pedro, quanto com Cornélio, faz com que Pedro entenda claramente o recado.

Um outro ponto interessante é notar que Deus fala a mesma coisa com Pedro por três vezes. Isso te lembra de algo?

O batismo

Um outro ponto alto deste capítulo é a maneira como estas pessoas são batizadas no Espírito:

“E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. E os fiéis que eram da circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios. Porque os ouviam falar em línguas e magnificar a Deus.”

Atos 10:44-46

Note que Pedro não precisa orar por eles, não precisa impor as mãos, nem nada do tipo. Apenas ao ouvirem a pregação das boas novas, estas pessoas são batizadas.

Após isso, a Palavra afirma:

“Respondeu, então, Pedro: Pode alguém, porventura, recusar a água, para que não sejam batizados estes que também receberam, como nós, o Espírito Santo? E mandou que fossem batizados em nome do Senhor. Então, rogaram-lhe que ficasse com eles por alguns dias.”

Atos 10:47,48

Após tudo o que havia acontecido, teria alguém com coragem de dizer que aquelas pessoas não poderiam ser batizadas? Alguém poderia afirmar que elas não era parte da igreja?

Essa passagem de Atos 10 precisa nos tocar profundamente. Como sempre aconteceu no ministério de Cristo, mais uma vez aqui Deus acaba com os preconceitos e nos lembra que todos somos iguais. A salvação em Cristo está disponível para todas as pessoas, sem exceção. Mesmo para aqueles que não eram do povo de Deus, da classe de pessoas que dominava sobre o povo escolhido, e para os representantes do grupo que maltratou Jesus.

Somos nós que vamos decidir quem é digno e quem não é digno de receber a Palavra? De receber o Espírito? O que você diria se um grupo de pessoas que nós consideramos como indignas recebessem o Espírito Santo bem na sua frente?

Desafio do capítulo

Neste capítulo, o seu desafio é comparar as diferentes manifestações do Espírito Santo que tivemos aqui em atos. Faça isso da maneira como achar melhor e deixe aqui nos comentários a sua reflexão.

2 comentários em “Estudo de Atos 10”

  1. apóstolo Paulo mesmo diz aos romanos 11 que nos éramos como a oliveira brava o jambuzeiro incapaz de darmos frutos por si so temos que sermos enxertados na Vieira verdadeira em cristo

    Responder

Deixe um comentário