Mensagem

Ele vem! Sim, Ele vem!

“Eis que cedo venho! Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.” (Apocalipse 22:7)

Como tem andando esta certeza em seu coração, principalmente se você for cristão? Ainda é uma certeza em seu coração? Já ouviu falar sobre isto?

A falta de responsabilidade, o relativismo e a indiferença que têm devastado o meio cristão jogaram esta certeza para baixo do tapete do hedonismo, da crença no “deus papai-noel”, do legalismo, e também do liberalismo. Poucos cristãos atualmente parecem desejar ardentemente a volta do nosso Senhor. Alguns parecem desejá-lo mas, pensando bem, estes estão tão envolvidos com negócios do mundo, não é mesmo? Acabam por deixar este desejo, pouco a pouco, se esfriar, até que não sobre a mínima chama de esperança.

E se nos consideramos verdadeiros cristãos, temos realmente desejado a volta de Cristo? Temos esperado este acontecimento, ansiando nossa remissão completa, nossa transformação total?

O que espera um servo de Cristo é muito mais que qualquer bem material, por mais valioso que seja, possa valer. O que espera um filho de Deus é muito mais profundo que qualquer espiritualidade desenvolvida em outra fonte que não o próprio Senhor. O que desejamos, como cristãos, é a presença real de Cristo ali, ao nosso lado, nos dando a capacidade de vermos o que realmente é, o que realmente existe e é verdadeiro! (1 Co. 13:12).

Como servo do Senhor, como alguém que submeteu sua vida à vontade soberana e maravilhosa de Deus, eu anseio, hoje mais que ontem, amanhã mais que hoje, a volta do meu Senhor. De que me valeriam tantos momentos efêmeros de prazeres mundanos, tantos tesouros corruptíveis, tantas conquistas que serão olvidadas, se por toda a eternidade estiver longe daquEle que dá a vida a toda criatura, que move tudo o que existe, que tudo criou? De que me valeriam aquelas coisas, se não desejar primeiro viver a eternidade ao lado de Cristo, sendo transformado por Deus? De que me vale, também, desejar esta transformação total, se não permitir que Deus, desde já, me transforme?

Extraído com orgulho do amado LHDBlog.

Paz.

Escrito ao som de: Diante do Trono – Músicas que me lembram o Encontro com Deus – Eita saudades do encontrão…

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário