Mensagem

Deus é um grande investidor

Bíblia aberta
André
Escrito por André

“Portanto, eu vos digo que o reino de Deus vos será tirado, e será dado a uma nação que dê os seus frutos.” (Mateus 21:43)

Deus entende de investimentos. Jesus contou diversas parábolas que nos ensinam isso, por exemplo na parábola dos lavradores maus:

“Ouvi, ainda, outra parábola: Houve um homem, pai de família, que plantou uma vinha, e circundou-a de um valado, e construiu nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e ausentou-se para longe. E, chegando o tempo dos frutos, enviou os seus servos aos lavradores, para receber os seus frutos.” (Mateus 21:33,34)

E também na parábola dos talentos:

“Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei? Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros. Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos.” (Mateus 25:26-28)

Esses versículos nos mostram que Deus espera um retorno sobre os investimentos que Ele faz. Por isso, a primeira pergunta que você precisa responder é a seguinte: “quanto de investimento Deus fez por mim?”.

A resposta para essa pergunta é muito simples, porém muito profunda: a graça de Deus, infinita aos nossos olhos, nos sustenta em todos os momentos e é só pela Sua bondade que estamos vivos. Cristo entregou-se na Cruz por nós, um preço que jamais poderíamos pagar.

Logo, com esse investimento incalculavelmente alto, qual é o retorno que devemos dar para Deus? Será que ir uma ou duas vezes por semana na igreja é suficiente? Será que uma vida religiosa é o bastante? Será que ler dois ou três versículos da bíblia por dia já basta? Será que ajudar uma vez ou outra um necessitado já é um retorno bom o bastante.

É certo que nada do que façamos será suficiente para pagar o que Deus fez, faz e fará por nós. Porém, a verdadeira reflexão é a seguinte: eu tenho me entregado por completo para Deus? Ou tenho negligenciado tão grande graça que recebi?

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário