Mensagem

Atrair graça aos olhos

graça aos olhos
Bárbara Cunha
Escrito por Bárbara Cunha

Mulher é delicada, mas não é nem um pouco frágil. Ela corre de um lado para o outro, cuida de filho, marido, pai, mãe, amigos, emprego, casa e ministério. Organiza a agenda de todo mundo e ainda administra a sua. Ela atrai graça aos olhos de quem a vê.

Entretanto, todo mundo já sabe disso de tão nítido que se tornou. Só não refletimos em como as características da mulher vão muito além dos atos do dia a dia.

As mulheres possuem o dom de sensibilizar um ambiente somente por estarem presentes. Sua delicadeza não está relacionada à fragilidade, na verdade, é ela que muitas vezes leva paz para homens que não querem apreciar as nuances doces da vida. Sim, as mulheres são diferentes dos homens.

Além do instinto leoa para defender quem ama, ainda exalam resiliência. Não é da boca para fora não, experimenta mexer com o filho de alguma delas para você ver o que te acontece.

Infelizmente, a sociedade tem tentado nivelar mulheres aos homens. Não dá. Não há como padronizá-las ou tentar tirar o que é mais gracioso em sua personalidade: a emoção.

E quanto às cristãs, bem, temos nos preocupado tanto em sermos virtuosas como a mulher de Provérbios 31 que, às vezes, nos esquecemos de simplesmente sermos nós mesmas. A cobrança de ser perfeita nos leva a uma sobrecarga emocional e psicológica desnecessária.

Tem dias que nos olhamos no espelho e não ficamos felizes com o reflexo. Em outros, colocamos nossa roupa predileta e nos sentimos deslumbrantes. E existem aquelas ocasiões que não queremos ver ninguém.

Devemos nos esforçar para fazer o melhor sim, tendo em mente que tudo deve ser primeiro para Ele.

Mais uma vez, quero citar uma personagem que descreve perfeitamente as mais belas virtudes femininas:

…Mas Ester alcançava graça aos olhos de todos quantos a viam.” (Ester 2:15)

Ester alcançou graça com todos que teve contato devido à sua entrega ao Senhor. Ela reconheceu que Deus a amava como era, cuidava de todos os detalhes e estava preparando o melhor caminho para sua vida.

Por isso, que hoje possamos observar este exemplo e pedir que o Pai cumpra a mesma transformação em nós, mulheres, independente do que a sociedade ou quem quer que seja imponha. Que possamos resplandecer as virtudes do Pai sem nos abalar com o que o mundo tenta ditar a nosso respeito.

Feliz dia internacional da mulher!

Sobre o autor

Bárbara Cunha

Bárbara Cunha

Paulista de 20 e alguns anos. Cristã convicta. Jornalista. Corintiana torcedora do Arsenal da Inglaterra. Apaixonada por filmes, séries e música.

Deixe um comentário