Destaque Mensagem

Ousadia no espírito

Pessoas esquecidas, à margem da sociedade
André
Escrito por André

Pessoas esquecidas, à margem da sociedade

“Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. Porque os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida. Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos).” (João 4:7-9)

Jesus conhecia aquela mulher no Espírito, sabemos disso pois ele afirma que o marido que ela tinha não era dela. Todavia ela era samaritana, e ele, judeu. Ou seja, falar com ela era, minimamente, inapropriado. Sem levar em consideração o fato dele ser homem e ela mulher, o que tornava ainda mais complexa aquela situação.

Mesmo assim, com o objetivo de se revelar a ela, ele lhe mostra o caminho para a salvação, ele ignora todos estes tabus e lhe dirige a palavra. Com isso eu aprendo que precisamos, no espírito, ser ousados para levar a palavra de Deus. Temos que estar dispostos a quebrar tabus, demonstrando amor por aqueles que estão carentes, dando atenção aos que a sociedade esqueceu, olhando para aqueles que são ignorados.

Se formos tímidos, se formos pensar nas situações que nos cercam, não vamos ser plenos no nosso chamado. Se formos pensar que ser visto ao lado daquele homossexual será motivo de constrangimento, se formos hesitar antes de fazer o contrário do que o mundo faz, se formos nos preocupar com o que vão pensar se nos virem orando, então estaremos fazendo de maneira diferente do que Jesus fez.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

1 comentário

Deixe um comentário