Ousadia no espírito

Pessoas esquecidas, à margem da sociedade

“Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. Porque os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida. Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos).” (João 4:7-9)

Jesus conhecia aquela mulher no Espírito. Sabemos disso pois ele afirma que o marido que ela tinha não era dela. Todavia ela era samaritana, enquanto ele era judeu, ou seja, falar com ela era inapropriado. Sem levar em consideração o fato dele ser homem e ela mulher, o que tornava ainda mais complexa aquela situação […]