Versículo

Versículo do dia – Violência nunca mais

“Nunca mais se ouvirá de violência na tua terra, desolação nem destruição nos teus termos; mas aos teus muros chamarás Salvação, e às tuas portas Louvor.” (Isaías 60:18)

Eu já disse aqui no blog que desejo muito a eternidade. Creio que este é um dos principais alvos do cristãos. Obviamente fazemos tudo para honra e glória do Senhor, pois o amamos e entendemos que Ele é digno de todo o louvor, mas não podemos negar que esperamos a volta dEle, para que possamos desfrutar da eternidade ao Seu lado.

Na eternidade, não existirá mais a morte, não existirá mais violência ou doenças. Tudo será muito diferente do que temos por aqui.

Porém, temos um caminho até chegarmos lá. Eu quero estar ao lado do Senhor na eternidade, mas será que eu tenho feito por merecer? Ontem mesmo eu pensava sobre isso: se Deus estivesse me julgando neste momento e perguntasse para mim: “Filho, você se considera digno de entrar nos céus?”, eu deveria responder a verdade, uma vez que a mentira ou qualquer capa de religiosidade fatalmente me levariam para o inferno. E então, fiquei pensando em qual resposta daria para Ele.

Qual resposta você daria? Você é digno de entrar nos céus? Você está fazendo por merecer? Ou, assim como a maioria das pessoas, ainda precisa mudar muitas coisas?

Amados, temos um caminho para percorrer. Precisamos a cada dia nos santificar e conhecer mais e mais a Deus, ter intimidade. Esta é a única maneira… Religiosidade ou mentiras nos levarão direto para a perdição, não podemos esconder nossos pecados ou achar que determinadas atitudes são compreensíveis. Precisamos amar verdadeiramente a Deus, quando isso acontecer, teremos nojo do pecado, da mentira, das coisas do mundo. Aí sim estaremos prontos.

Paz.

p.s.: Não quero ficar levantando uma discussão teológica sobre quem vai ser salvo ou quem não vai e por que. Quis apenas ilustrar um pensamento, espero que você entenda.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário