Bíblia aberta em Lucas

O mandamento ou a tradição?

“Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Por que transgredis vós, também, o mandamento de Deus pela vossa tradição?” (Mateus 15:3)

No contexto dessa passagem, Jesus estava repreendendo mais severamente os fariseus pela primeira vez em seu ministério. Este foi o primeiro momento onde um atrito entre ambos chocou os discípulos. O motivo da desavença: os fariseus estavam dando mais importância para os seus costumes do que para os mandamentos de Deus.

Quantas vezes nós mesmos não fazemos a mesma coisa? Nossos costumes, nossa liturgia, nossa mentalidade se tornam mais importantes do que o mandamento de Deus. De certa forma, praticamos um ato de adoração ao costume.

Vamos às nossas igrejas aos finais de semana, em algumas reuniões especiais durante a semana e nos contentamos com isso. Muitas vezes cuidamos do operacional, limpamos alguma coisa, ajudamos aqui ou ali, e satisfazemos nossa alma, acreditando que é o suficiente.

Porém nos esquecemos do amor ao próximo, de servir a Deus em todo o tempo, de ser luz do mundo e sal da terra. Nossos costumes, por mais “descolados” que sejamos, comumente são mais importantes para nós do que a salvação de um perdido.

Faça uma autorreflexão e verifique como isso pode se aplicar em sua vida.

Paz.

Deixe um comentário