Versículo

Não estamos entendendo nada Jesus!

Ricardo Cirilo
Escrito por Ricardo Cirilo

“Ouvindo as suas palavras, alguns dentre o povo disseram: ‘Certamente este homem é o Profeta’. Outros disseram: ‘Ele é o Cristo’. Ainda outros perguntaram: ‘Como pode o Cristo vir da Galiléia? A Escritura não diz que o Cristo virá da descendência de Davi, da cidade de Belém, onde viveu Davi?’. Assim o povo ficou dividido por causa de Jesus.” (João 7:40-43)

Lendo o capítulo 7 do evangelho de João, notei algo bem interessante, a reação do povo aos ensinamentos de Jesus.

Lemos nesse capítulo, principalmente a partir do versículo 40, vemos também a partir do versículo 30, a confusão que os ensinamentos de Jesus estavam causando.

Podemos também pegar outros exemplos dessa confusão, no próprio evangellho de João mesmo, lá no capítulo 9:16 diz assim: “Alguns dos fariseus disseram: ‘Esse homem não é de Deus, pois não guarda o sábado'” (João 9:16). “Mas outros perguntavam: ‘Como pode um pecador fazer tais sinais miraculosos?’ E houve divisão entre eles.”. Também no capítulo 10:19 diz assim: “Diante dessas palavras, os judeus ficaram outra vez divididos.”.

Percebemos que essas divisões, discussões ou confusões que os ensimamentos causavam não era somente com os gentios, mas também com os fariseus.

As pessoas da época realmente não esperavam que as coisas acontecessem dessa maneira, não esperavam que o Cristo viesse dessa maneira, e muitas vezes isso acontece em nossas vidas. Conosco aconttece a mesma coisa: muitas vezes pensávamos que a vida com Deus fosse uma coisa, e ela acaba sendo outra. Com isso alguns acabam até por se desviar do caminho.

Então fica a pergunta: qual a solução para toda essa confusão?

O Senhor me mostrou lá no evangelho de João mesmo, no capítulo 8 que diz assim: “Eu lhes disse que vocês morrerão em seus pecados. Se vocês não crerem que EU SOU, de fato morrerão em seus pecados” (João 8:24, grifo do autor). O povo da época, simplismente não acreditava quem Jesus era, e muitas vezes nós não acreditamos.

Nossos pensamentos carnais, nos impedem de crer em algo sobrenatural, nos impedem de crer no poder de Jesus, assim como os fariseus daquela época não criam. Esses pensamentos nos prendem em costume e religiosidade, e com isso nos impedem de ver quem realmente Cristo é.

Por isso peço para que o Espirito Santo remova da nossa vida esses pensamentos, que possamos cada dia mais nos alimentar de oração e de Palavra, para que os nossos pensamentos estejam focados no Senhor, e com isso, possamos ver quem ele realmente é!

Deus abençoe.

Sobre o autor

Ricardo Cirilo

Ricardo Cirilo

Cristão, casado, vinte e poucos anos, apaixonado por futebol e descobrindo os prazeres de escrever.

Deixe um comentário