Versículo

Deus faz o que quiser

Bíblia e óculos
André
Escrito por André

“Ou não me é lícito fazer o que quiser do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom?” (Mateus 20:15)

Com essa passagem Jesus dá um tapa na cara de todos nós que acreditamos na nossa justiça e mostra que Deus faz o que bem entender.

Quando Cristo conta a parábola dos trabalhadores na vinha o faz para explicar para os discípulos que, apesar de termos a certeza de que nossos esforços serão recompensados, o nosso padrão de justiça não deve se aplicar para as decisões de Deus.

“E, chegando os que tinham ido perto da hora undécima, receberam um dinheiro cada um. Vindo, porém, os primeiros, cuidaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um dinheiro cada um.” (Mateus 20:9,10)

Esta parábola sucedeu a famosa pergunta de Pedro:

“Então Pedro, tomando a palavra, disse-lhe: Eis que nós deixamos tudo, e te seguimos; que receberemos?” (Mateus 19:27)

Pedro estava querendo saber o que ele teria de benefício por ter deixado muitas coisas para trás. Jesus lhe dá a certeza de que todos os que deixaram algo, receberiam muito mais na vida eterna, mas que não existe uma lógica humana para a maneira como Deus vai agir.

O que Pedro precisava entender, que nós também precisamos, é que Deus não se limita ao que nós entendemos ou ao que nós achamos que é correto. Os planos dEle são muito mais altos do que o nosso entendimento é capaz de suportar, e devemos ter muito temor para não deixarmos que o nosso coração se perca em pequenas manifestações críticas.

Deus é o Criador de todas as coisas, seus planos e intentos são insondáveis. Ele pode fazer o que quiser e nós jamais seremos capazes de entender. Se não absorvermos isso, dificilmente teremos um desenvolvimento cristão saudável.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário