No Youtube

Evangelismo sem palavras – Perdão

No vídeo de hoje, tome um spoiler na sua cara e finja que nada aconteceu, conte o número de cortes que fizemos na edição e tente entender o motivo. Quem descobrir ganha um doce. Além disso, reflita sobre como o ato de perdoar alguém testemunha sobre o agir de Cristo em sua vida.

Versículo para meditar:

“E, quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial perdoe os seus pecados. Mas, se vocês não perdoarem, também o seu Pai que está nos céus não perdoará os seus pecados”. (Marcos 11:25-26)

Se liga também nesse outro post e no comentário mais que muito legal do nosso leitor Jason:

“Graça e paz André,

Glória Deus, que Senhor seja louvado e exaltado através de seus vídeos… Que as pessoas possam conhecer o perdão do PAI manifestado através do espetáculo na cruz..!

Muitas pessoas não perdoam mesmo sendo cristão, por falta de revelação do tamanho do PERDÃO que recebeu através da entrega de Cristo.

O perdão para nós NÃO é um sentimento, um desejo, uma vontade de perdoar… Perdão é simplesmente uma decisão, uma atitude. “Eu decido perdoar”.
Precisamos desta revelação que o perdão não é uma amnésia, um esquecimento. Perdão é simplesmente lembrar MAS NÃO SOFRER MAIS com o ocorrido. Esse é o verdadeiro perdão.

Se nós que éramos inimigos de Deus, estávamos mortos em nosso pecados e ofensas, nada em nossas vidas atraía a atenção de Deus, em resumo NÃO mereciamos nada, estávamos condenados a morte eterna… E mesmo assim Ele nos amou primeiro e nos deu PERDÃO através do sacrifício de Cristo Jesus…

Sem merecimento nenhum, recebemos o perdão através do crer no Filho e temos o poder de nos tornar filhos de Deus… Isso é muita graça, apenas CRER em Jesus somos reconciliados e justificados de toda condenação pelo seu sangue.

Agora sem nós merecermos o Pai nos amou e nos deu PERDÃO, quem somos nós para não perdoar os nosso irmãos e ao próximo..!?

Eu particularmente costumo dizer: ‘Desculpa é uma desculpa para não perdoar’.

Grande abraço,
Deus continue te usando…”

Depois de um comentário como esse, o que eu posso dizer?

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário