Mensagem

Viver o Cristianismo em toda a vida

Combato para que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos em amor, e enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus – Cristo, em quem estão ocultos todos os tesouros da sabedoria e da ciência.” (Colossenses 2:2-3)

Um erro que há muito tempo é cometido por grande parte dos cristãos é uma certa repulsa pelo desejo de conhecimento, pela intelectualidade, um certo medo de que, de repente, uma mente com um nível culturalmente elevado venha a se afastar do caminho do Senhor.

Esse erro culminou com uma separação entre o secular e o sagrado. Muito do que fazemos no nosso dia a dia já não reflete mais a fé que professamos em nossa “devoção dominical”.

Não podemos deixar de lado, seja no que fizermos, a fé que professamos. Devemos sim empreender os esforços da nossa vida para glorificar ao Criador, mas não é só dentro de um círculo religioso que conseguimos fazer isto. Muitos cristãos já se destacaram, e ainda muitos têm se destacado no mundo, em várias áreas de conhecimento, sem renegar sua fé. Pelo contrário, muitos têm sido bem sucedidos por justamente por colocarem em prática no seu ramo de atividades a fé que possuem em Cristo.

Impossível? Ora, a própria palavra nos exorta a que façamos nossas obras em nome de Cristo (Cl. 3:17). Vivemos uma vida corrida, o tempo tem se tornado artigo de luxo, principalmente nas grandes cidades. Mesmo que tivéssemos mais tempo junto aos nossos irmão de fé, mesmo assim, não seria só ali que deveríamos praticar o que a Bíblia nos ensina.

Tudo o que recebemos para fazer, quer seja o nosso trabalho, nossos estudos, nossa vida familiar, ou outros empreendimentos que participamos, devem ser feitos sob o temor de Deus, com sabedoria, com humildade, com o direcionamento bíblico, sim. Viver o cristianismo só na igreja é balela, é se mascarar, é ser um cristão fajuto. Ninguém deve separar sua fé de seus afazeres. O que, e o modo como fazemos as coisas é que devem mostrar a fé que professamos ao mundo.

Na verdade, devemos fazer as coisas da maneira mais correta, mais bem feita, com prazer, sabendo que Deus está sim no controle de nossa vida. (Se Deus não controla nossa vida, não podemos ser verdadeiramente cristãos)

Viver o cristianismo, os princípios bíblicos diariamente é necessario e, mais que isso, é prazeroso, pois o que há de melhor que fazer a vontade do Mestre Jesus? Mais que nunca, precisamos entender que a religião que professamos, o cristianismo, o crer no sacrifício de Cristo, nos religou por completo com Deus. Corpo, mente, coração, entendimento, tudo deve estar sujeito ao Senhor. Ele nos criou, Ele sabe como extrair o melhor de nós, em todos os aspectos.

Extraído de: LHDBlog

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário