Mensagem

O que te satisfaz?

O que te satisfaz? O que te preenche? O que te agrada? O que acontece com você que te leva a dizer “estou satisfeito”?

É o sexo? São as drogas? Bebida? Passar o tempo com os amigos? Sua família? Fazer caridade? Tocar um instrumento? Praticar um esporte? O que faz a sua vida valer realmente à pena?

“E entretanto os seus discípulos lhe rogaram, dizendo: Rabi, come. Ele, porém, lhes disse: Uma comida tenho para comer, que vós não conheceis. Então os discípulos diziam uns aos outros: Trouxe-lhe, porventura, alguém algo de comer? Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.” (João 4:31-34)

Cada palavra, cada frase de Jesus era perfeita, inspirada por Deus, para nos ensinar. Quando Ele diz “A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra”, Ele estava trazendo uma revelação que só conseguimos entender quando vivemos isso.

O cristão, o verdadeiro cristão, fica muito feliz em passar o tempo com a família, em ficar com os amigos, em fazer um esporte, e encontra alegria em muitas outras coisas. Mas nada, absolutamente nada neste mundo, se compara com a alegria que ele tem em realizar a vontade de Deus. Saber que o seu propósito em Deus está se cumprindo é inexplicável.

Eu sou pai de um garotão lindo. Sou marido de uma esposa maravilhosa. Mas as alegrias que Deus me proporciona através deles não chegam nem perto de poder se comparar com a maneira como me sinto quando sei que estou cumprindo a Sua vontade.

O mundo vive procurando, e este assunto nunca terá sido abordado o suficiente para poder ser deixado de lado, algo que o satisfaça. Este é um dos motivos pelos quais vemos tantas bizarrices por aí. O mundo ainda não encontrou isso.

O nosso papel é mostrar, através da nossa vida, muitas vezes sem palavras, que a única alegria duradoura e definitiva só pode ser encontrada em Deus. A grande questão é que muitas vezes, se não tomarmos cuidado, acabamos nos esquecendo de onde vem o verdadeiro sentimento de plenitude. Não deixe isso acontecer com você.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

3 Comentários

    • Olá Helio. Eu estou tentando escrever, mas é que estou num momento muito corrido da vida, com diversos compromissos que me fazem te que deixar o blog um pouco abandonado. Já voltei a produzir alguns textos. Continue de olho que logo mais teremos atualizações.

      Obrigado pela força!

      Paz.

Deixe um comentário