Coisas que você não deveria fazer na igreja - Ficar levantando constantemente

O primeiro passo para o arrependimento

Veja que interessante a postura de Arão quando Moisés o vê em idolatria com o povo de Israel:

“E Moisés perguntou a Arão: Que te tem feito este povo, que sobre ele trouxeste tamanho pecado? Então respondeu Arão: Não se acenda a ira do meu senhor; tu sabes que este povo é inclinado ao mal; E eles me disseram: Faze-nos um deus que vá adiante de nós; porque não sabemos o que sucedeu a este Moisés, a este homem que nos tirou da terra do Egito. Então eu lhes disse: Quem tem ouro, arranque-o; e deram-mo, e lancei-o no fogo, e saiu este bezerro.” (Êxodo 32:21-24)

Você vê alguma similaridade com a passagem abaixo?

“E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses? Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi.” (Gênesis 3:11,12)

Claramente, nos dois casos, vemos que quando confrontados com a verdade, a primeira atitude de Arão e de Adão foi a de terceirizar a responsabilidade de seus erros. Note como isso os impediu de chegar ao arrependimento mais rapidamente. Contraste a posição dos dois com a de Davi quando confrontado pela verdade trazida pelo profeta Natã:

“Então disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor. E disse Natã a Davi: Também o Senhor perdoou o teu pecado; não morrerás.” (2 Samuel 12:13)

Veja que a atitude de aceitar a responsabilidade pelo erro mudou completamente a sentença que foi proferida.

Com estes três exemplos bíblicos, consigo entender que o primeiro passo para o verdadeiro arrependimento é assumir onde temos errado.

Paz.

Deixe um comentário