Mensagem

O Deus de sempre

Escrever sobre Deus me faz esquecer quem sou. Não, não sou iludido ou deslumbrado pela presença de um Soberano em minha vida. O que quero dizer é que quando escrevo sobre Deus lembro o quão distante estou daquele ideal, aquilo que deveria ser.

Esse paradoxo, de se lembrar de quem deveria ser e não quem sou, me faz meditar mais ainda sobre quem Deus é e como eu deveria ser. Quais atributos estariam na minha descrição, se fosse do jeito como Deus me criou para ser? Quais seriam meus atributos se realmente vivesse propósitos eternos em minha vida?

Mas o que mais me impressiona no Senhor, nem sempre são seus atributos que, eu admito, já me fazem estremecer. O que me faz impressionar e ficar boquiaberto é entender que além de todos esses atributos maravilhosos, Deus é eterno e perene, contínuo, fiel, em seus atributos.

Deus é grande, maravilhoso, bom, misericordioso, justo… e jamais muda isso.

E, por mais óbvio que isso talvez seja para você, notei hoje, lendo o Salmo 111.

“O seu louvor permanece para sempre” Sl 111.10b

É uma frase complicada de se entender. O louvor do Senhor permanece para sempre. Isso quer dizer que Deus sempre merece ser louvado. E isso leva-nos a entender que a majestade, a bondade de Deus, seu amor, misericórdia, seu perdão, sua justiça, ou seja, nenhum de seus atributos jamais terá fim.

Muitas vezes lemos de maneira errada a Bíblia. Entendemos Deus como um Deus que em alguns momentos decide ser bom e decide ser mau, pelo seu livre-arbítrio e Soberania sobre sua criação. Mas, na verdade, Deus não decide mudar, Ele sempre É, mesmo que não entendamos o que isso significa. Sempre é digno de louvor e honras, porque sua maravilhosa personalidade jamais muda.

Deus ser sempre Deus deve nos confortar. Porque vemos as maravilhas que Ele operou, vemos a perfeição como fez a natureza, vemos a beleza de suas obras e intervenções em nossas vidas e sabemos que esse Deus, que outrora foi misericordioso, ainda o é, ainda nos ama, ainda nos perdoa, porque Ele não mudou.

Deus é o mesmo Deus de sempre. Faça como o salmista, louve-O por isso!

Que Deus o abençoe!

Extraído do site pequenomestre.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário