Mensagem

Não temas

Ao examinar meu coração, descobri que existem medos e receios habitando nele. Descobri mais, que eles me causam um certo nível de incômodo e desconforto, e que alguns deles causam até mesmo pavor. Pensei então que tudo que causa desconforto não deve ser ignorado, mas antes, deve ser tratado. Imaginei também que as pessoas em geral têm seus medos e receios como eu tenho.

Medo de ficar desempregado, medo de não arrumar trabalho antes das reservas acabarem, medo de ficar doente, medo de acidente, medo de ser reprovado na escola, medo de acontecer alguma coisa com o filho ou com a filha, medo de fracassar, medo do ontem, medo do amanhã, medo da velhice, medo de não se casar, medo de casar e dar errado, e por aí vai, um grande número e variedade deles. Disse o Senhor ao meu coração, que é para tratar desse assunto, dar importância a ele, pois realmente muitos dos Seus filhos têm estado com muitos medos e receios, e que isto tem trazido uma tristeza e um desconforto imperceptível a eles.

O Senhor me fez lembrar que Ele teve que socorrer pessoas em situação de medo, como aquele homem que recebeu a notícia da morte de sua filha, no momento em que Ele, o Senhor, dialogava com a mulher curada do fluxo de sangue. A este o Senhor dirigiu-se, dizendo as palavras de socorro: “Não temas, não fiques com medo; crê somente”. Então o Senhor me fez lembrar das palavras do salmista, que testemunhou algo maravilhoso, dizendo: “O Senhor me livrou (me deu livramento) de todos os meus medos.”

Nunca tinha parado para pensar na importância desse tipo de livramento, o livramento dos nossos medos e receios. É óbvio que para o salmista deixar tal testemunho na Palavra, o Senhor o tinha livrado dos medos e receios que tinham fundamento, bem como dos medos e receios infundados, ou seja, dos sofismas.

Se estivermos vivenciando medos e receios, a ponto deles trazerem incômodo e desconforto, as palavras de cura da parte do Senhor para nós, ainda são as mesmas usadas lá no passado distante: Não temas, não fiques espantado e nem com medo, crê somente. Não fique preocupado e nem ansioso com coisa alguma, mas faça tudo conhecido diante de Deus pela súplica e pela oração, pois o Senhor promete então, que a paz de Deus que excede o entendimento humano vai tomar conta dos nossos corações. Então devemos descansar, como descansaram os habitantes de Jerusalém, ao escutar as palavras do rei Ezequias, que assim falou ao coração deles: “Maior é O que está conosco.”

Sem dúvida o Senhor deseja nos aliviar desse fardo pesado, o fardo dos medos e receios. Ele diz que é para nos assentarmos confortavelmente e assistirmos o livramento que Ele vai dar.

Deus abençoe a todos!

Autor: Pr. Sinval
Extraído do site Estudos Cristãos

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário