Para compartilhar

A realidade do evangélico brasileiro

Igreja com bancos vazios
André
Escrito por André

Neste final de ano, o JC na Veia fez uma pesquisa com mais de 1.600 evangélicos de todo o Brasil. O resultado, apesar de não ser inesperado, surpreende de maneira negativa. Veja abaixo o infográfico que preparamos com o resultado da nossa pesquisa:

A realidade do evangélico brasileiro

Infográfico - A realidade do evangélico brasileiro

Frequência na igreja

Na pesquisa constatamos que, em relação ao número de vezes que o evangélico vai à igreja:

  • 6,5% dos entrevistados se declaram evangélicos, mas não frequentam uma igreja;
  • 10,2% diz ir poucas vezes à igreja;
  • Apenas 41,6% vai em todas as reuniões de suas igrejas;
  • 4,6% dos evangélicos não mantém nenhum contato com os irmãos da igreja;
  • 7,8% diz que raramente fala com outros irmãos em Cristo.

Evangelismo

As respostas da pesquisa para a pergunta “Para quantas pessoas você falou de Jesus nos últimos 30 dias?” são alarmantes:

  • 15,7% dos entrevistados não falou de Jesus nenhuma vez;
  • 34,8% falou de Jesus apenas uma ou duas vezes;
  • 18,9% falou três a cinco vezes
  • Apenas 30,6% falou de Jesus mais de 5 vezes nos últimos 30 dias

Vale a reflexão sobre o versículo: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mateus 28:19,20)

Leitura da bíblia e de livros

Aqui os dados são ainda mais alarmantes. Para a pergunta: “Quantos livros cristãos você lê por ano”, tivemos as seguintes respostas:

  • 43,2% dos entrevistados afirma que não costuma ler livros cristãos;
  • 36,5% leem 1 ou 2 livros;
  • 13,1% leem entre 3 e 5 livros cristãos por ano;
  • 3,9% entre 6 e 9;
  • 3,3% leem mais de 10 livros cristãos por ano.

Quando pensamos em passagens como a de Oseias 6, precisamos parar para refletir se estamos indo no caminho correto: “Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.” (Oséias 6:3, grifo do autor)

Para a pergunta: “Você lê a bíblia quantas vezes por semana?”, as respostas foram:

  • Nenhuma vez: 14,7%;
  • 1 vez: 17%;
  • 2 vezes: 13,9%;
  • 3 vezes: 14,9%;
  • 4 vezes: 7,6%;
  • 5 vezes:9,9%;
  • 6 vezes: 3,3%
  • 7 vezes por semana (todos os dias): 18,6%

A reflexão para estes dados é a dos seguintes versículos: “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.” (Salmos 1:1,2, grifo do autor)

No youtube

De uma maneira mais descontraída, falamos sobre esse assunto no nosso vídeo de ano novo de 2017 para 2018:

Com estes números, chegamos a algumas conclusões muito interessantes:

  • Evangélicos brasileiros não gostam de ler a bíblia ou estudar através de livros;
  • Apesar do número cair constantemente, o evangélico ainda vai à igreja, porém com uma frequência cada vez menor;
  • Falamos muito pouco sobre Jesus para outras pessoas.

Você se encaixa nessas estatísticas? Em sua opinião, o que podemos fazer para mudar isso?

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

2 Comentários

  • Na minha opinião as pessoas procuram a igreja nos momentos mais difíceis, depois largam, ou se decepcionam com alguma coisa q viu de errado na igreja e param de ir. Eu deixei de ir por ver muitas coisas, e falta de comprometimento das pessoas mais importantes da igreja ( tirando Jesus é claro), e comecei a procurar estudar por conta ler aqui ou ali. Sei q deveria não focar nos erros mais me decepcionei. Não com a
    Minha fé mas com as pessoas.

    • Olá Claudia, muito obrigado pelo comentário.

      Você não está sozinha, muitas pessoas fazem isso. Apenas lembre-se que a vida em comunhão com os irmãos é um mandamento de Cristo para nós. Por isso, mesmo que algo não tenha dado certo em alguma igreja, procure um lugar onde você pode andar junto com outras pessoas.

      Deus abençoe sua vida.

Deixe um comentário