Destaque Mensagem

Intimidade com Deus na porta estreita

Intimidade com Deus na porta estreita
André
Escrito por André

Intimidade com Deus na porta estreita

“Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram.” (Mateus 7:13,14)

Estes dias tenho pensado em como é fácil andar na porta larga e o quanto algumas pessoas são enganadas por ela.

Muitas pessoas pensam que para ter intimidade com Deus basta participar dos cultos ou orar durante alguns minutos por dia. Talvez alguns pensem que uma oração decorada antes das refeições ou um pensamento positivo de agradecimento antes de dormir seja o suficiente. Alguns imaginam não ser necessário ler e estudar a bíblia todos os dias. Muitos pensam que assistir um filme que fala sobre Deus ou ter a bíblia no celular seja o suficiente.

Esta é a intimidade com Deus da porta larga. É aquela intimidade que não exije muito, que é tranquila e leve para se conseguir. Mas este nível de intimidade não acrescenta muito, talvez não acrescente nada.

A intimidade com Deus na porta estreita é aquela que deve ser buscada todos os dias, mesmo que doa, mesmo que seja difícil, mesmo que a carne tenha que morrer, mesmo que sua vontade tenha que ser deixada de lado. Intimidade com Deus na porta estreita nos faz estudar a Palavra com seriedade, orar com afinco, louvar com tudo o que temos, servir com amor incondicional, amar sem barreiras, entregar tudo o que temos. E isso não pode ser da boca pra fora pois, se for, é a porta larga.

Chega de uma “intimidade superficial” com Deus, chega de uma busca desinteressada, chega de ser um crente de banco! Chega de aceitar um nível de intimidade que não conhece o Pai no máximo que podemos conhecer. Enquanto nossa intimidade não nos levar a ter experiências constantes e reais com nosso Deus, não será o suficiente.

“Moisés disse ainda: Rogo-te que me mostres a tua glória. Respondeu-lhe o Senhor: Eu farei passar toda a minha bondade diante de ti, e te proclamarei o meu nome Jeová; e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem me compadecer. E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum pode ver a minha face e viver. Disse mais o Senhor: Eis aqui um lugar junto a mim; aqui, sobre a penha, te poras. E quando a minha glória passar, eu te porei numa fenda da penha, e te cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado. Depois, quando eu tirar a mão, me verás pelas costas; porém a minha face não se verá.” (Êxodo 33:18-23)

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário