Mensagem

A decisão certa em meio à crise

E sucedeu que, nos dias em que os juízes julgavam, houve uma fome na terra; por isso um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe, ele e sua mulher, e seus dois filhos” (Rute 1:1)

Nos dias em que os juízes julgavam a terra, esses juízes tinham certa autoridade em sua região em que estavam mais próximos. Mas de modo geral a terra não tinha um governante que assumisse a responsabilidade, não havia um líder. E quando não há um líder acontece o que nos diz o último versículo do livro de Juízes.

Naqueles dias não havia rei em Israel; porém cada um fazia o que parecia reto aos seus olhos” (Juízes 21:25)

A falta de autoridade é um problema, porque dá a cada um o direito de pensar e tomar suas decisões. É justamente por isso que Deus sempre quis governar o seu povo. Deus sempre quis que seu povo ouvisse somente a sua voz. Porque se fizessem isso teriam os melhores empregos, a terra daria seus frutos, e comeriam o melhor da terra. Conforme lemos em: Isaías 1:19 “Se quiserdes, e obedecerdes, comereis o bem desta terra”.

Mas o caso é que aquele povo, contemporâneo aos juízes, pela distância ou até mesmo pela falta de ensinamento deles, acabaram tomando as suas próprias decisões. E notamos que a primeira decisão errada é de causa trabalhista. Um homem chamado Elimeleque, que tinha a sua família constituída, morava em Belém de Judá. O nome Elimeleque significa, no hebraico, “Meu Deus é Rei”. Embora Elimeleque soubesse que Deus era o Rei da vida dele, no momento em que a fome chega na terra de Belém ele toma uma decisão.

E sucedeu que, nos dias em que os juízes julgavam, houve uma fome na terra; por isso um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe, ele e sua mulher, e seus dois filhos; E era o nome deste homem Elimeleque, e o de sua mulher Noemi, e os de seus dois filhos Malom e Quiliom, efrateus, de Belém de Judá; e chegaram aos campos de Moabe, e ficaram ali” (Rute 1:1-2)

É curioso notar que o nome Belém no Hebraico quer dizer, “Casa do Pão”, ou “Casa do Alimento”. Veja, na Casa do Pão faltou o pão. Na Casa do Alimento faltou alimento. Era sem dúvida um momento de crise para eles. Crise tão terrível que não adiantava ter dinheiro, poism, se veio a fome na terra, do que adianta ter dinheiro se não há alimento para se comprar?

Elimeleque vai fazer o que um pai de família pensa em fazer no momento de crise: vai se mudar em busca de novas oportunidades para poder dar o melhor para sua família. Mas o final do versículo dois diz: “FICARAM ALI”.

Elimeleque quando tomou a decisão de abandonar a Casa do Pão não tinha a intenção de se ausentar pra sempre, mas o caso é que ele ficou ali.

Muitas vezes nos deparamos com situações difíceis, a tal da crise internacional nos assusta, abala só de pensar em perdemos nossos empregos, nossos clientes. Mas tome a decisão correta, ainda que essa crise seja muito forte, não abandone a Casa do Pão, não abandone a obra do Senhor, não abandone a casa de Deus!

Na hora da crise a pessoa tem que ter cuidado com as decisões que ela toma. Elimeleque colocou toda a sua família fora da Casa do Pão. Quando a crise chega, o primeiro pensamento da pessoa é, “não dou mais o dízimo”, ou “não vou mais para igreja porque não adianta nada”. Elimeleque também pensou assim. Mas o final pra família dele foi bastante trágico. Veja:

E morreu Elimeleque, marido de Noemi; e ficou ela com os seus dois filhos, os quais tomaram para si mulheres moabitas; e era o nome de uma Orfa, e o da outra Rute; e ficaram ali quase dez anos. E morreram também ambos, Malom e Quiliom, ficando assim a mulher desamparada dos seus dois filhos e de seu marido” (Rute 1:3-5)

Elimeleque tomou a decisão errada em meio à crise, porque não tinha alguém que dissesse a ele que ficasse em Belém, mas eu estou aqui neste dia como enviado de DEUS para te dizer: permaneça na casa de Deus, seja fiel na crise, por que Deus é fiel. Ele é a sua Rocha, a sua Fortaleza, confia no Senhor e Ele tudo fará!

Claro, Elimeleque desejava o melhor pra família dele, mas as decisões foram erradas. A crise o assustou, fez ele abandonar a vontade de Deus, a casa de Deus. Aos seus próprios olhos ele estava fazendo a coisa certa, mas não aos olhos de Deus.

Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte” (Provérbios 14:12)

O mais correto na hora da crise não é deixar de ser dizimista, ofertante, fiel com Deus. O correto é permanecer firme com Deus. Por quê?

Então se levantou ela com as suas noras, e voltou dos campos de Moabe, porquanto na terra de Moabe ouviu que o SENHOR tinha visitado o seu povo, dando-lhe pão” (Rute 1:6)

Que pena que Elimeleque já estava morto, seus filhos também, por que se tivessem permanecido na Casa do Pão, teriam recebido a provisão do Senhor.

A melhor coisa em tempos de crise é permanecer com o Senhor. Porque Deus vai te visitar aqui na casa dEle.

Autor: Pr. Bruno Domingues
Extraído do site da igreja Paz e Vida

Sobre o autor

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

2 Comentários

  • Bom dia, Sr. André!!! Estou realizando um trabalho sobre liderança eficaz, que terei que entregar na quinta-feira, dia 21/7/2016, sobre o livro de Rut. Gostei bastante sobre o seu ponto de vista, segundo a ótica de Elohim. Obrigada pelos comentários, e que o Senhor YESHUA, ilumine cada dia mais o seu entendimento. Um abraço!!!
    Fazemos parte da Assembleia do Senhor YESHUA na Cidade do Rio de Janeiro/RJ. Nosso endereço, onde congregamos, fica na Rua Pedro Américo número 232, Catete. Um abraço!!!!!?

    • Olá Sônia, obrigado pelo comentário.

      Gostaria apenas de ressaltar que este post foi escrito pelo Pr. Bruno Domingues, da IPV. Há alguns anos atrás, quando este post foi colocado aqui no blog, eu ainda pegava alguns textos interessantes de outros blogs e republicava. Hoje já não faço mais isso, todos os textos atuais são autorais.

      De qualquer forma, agradeço e fico feliz que este post tenha lhe ajudado. Continue participando do blog pois temos novas postagens todos os dias.

      Deus abençoe sua vida.

Deixe um comentário